sustentabilidade

2018-Empressa-B-Certificada-Logo_blanco-
MapaTurismoSustentavel.png

Acreditamos que a educação ambiental é um processo contínuo que possibilita ao indivíduo e à coletividade a conscientização sobre o meio ambiente e as condições em que vivemos.
A reflexão crítica e a participação ativa e responsável, para melhoria do seu habitat, baseado no respeito a todas as formas de vida.
O projeto Eco Hotel na Prática nasceu do desejo de incentivar e promover o trabalho coletivo entre a equipe interna, visitantes, empresários, turistas, professores e comunidade, para a transformação humana e social, alcançando a preservação e a recuperação do ecossistema.

Política de Sustentabilidade​

O Cambará Eco Hotel está comprometido em garantir a satisfação de seus clientes, parceiros e colaboradores, através da melhoria contínua da qualidade de seus serviços e produtos, respeitando a preservação do meio ambiente e seu entorno, apoiando o desenvolvimento econômico e social da região, através de uma gestão sustentável que atenda à legislação.

Nosso empenho é um processo contínuo que possibilita uma atmosfera saudável e vital para criar um novo modelo de negócio que é mais respeitoso com os recursos naturais e os seres humanos. No entanto, não seriamos capaz de cumprir os nossos objetivos sem envolver os nossos clientes e parceiros em nossas ações e programas que convidam a participar ativamente, proporcionando uma reflexão crítica baseada no respeito a todas as formas de vida e ao ecossistema.


​Principais Ações

  • Hotel 100% não fumante mantendo a qualidade do ar e saúde dos nossos hóspedes

  • Os chuveiros, torneiras e vasos sanitários funcionam com baixo fluxo de água, para evitar o desperdício

  • Utilizamos sensores de presença nas áreas de circulação e lâmpadas fluorescentes, em vez de incandescentes

  • Amenities nos apartamentos biodegradáveis

  • Usamos equipamentos eletroeletrônicos com baixo consumo de energia

  • Nossa principal fonte de energia é a energia solar fotovoltaica, 100% limpa e renovável

  • Os objetos que decoram os ambientes, entre eles tapetes, rodapés, rodaforros, móveis, são feitos com material reciclado

  • A construção tem estrutura de elementos pré-fabricados que permitem a eliminação de quebras e desperdícios das instalações elétricas e hidrosanitárias, madeira de origem certificada (de reflorestamento)

  • Coletamos e separamos o lixo que é destinado a cooperativas de reciclagem

  • Reaproveitamos o lixo orgânico como adubo – utilizamos para isso a composteira para depósito e processamento

  • O esgoto é tratado de forma anaeróbia com duas centrais de tratamento

  • Reaproveitamos a água da chuva na lavanderia, piscina, sanitários, limpeza em geral e irrigação dos jardins

  • Adotamos o sistema de energia solar como a principal fonte para o aquecimento da água

  • O projeto arquitetônico aproveita a iluminação natural, com paredes envidraçadas e ambientes abertos e bem-ventilados, dispensando a luz artificial e o ar-condicionado

  • Nossa equipe de colaboradores são treinados para aplicar as medidas sustentáveis.

  • Investimos na comunidade local: contratando e treinando os moradores das redondezas, patrocinamos projetos sociais do entorno e incentivamos os hóspedes a interagirem com tais iniciativas

  • O hóspede escolhe se quer ter as toalhas trocadas diariamente ou não. Os lençóis trocamos de dois em dois dias – assim, os hóspedes ajudam no consumo de água e também de produtos químicos

  • Utilizamos alimentos produzidos na região e em nossa própria cozinha – muitas vezes, orgânicos para compor o cardápio do café da manhã e restaurante

  • Já plantamos mais de 3500 mudas de árvores e arbustos nativos

Nossa gestão sustentável é baseada na norma ABNT NBR 15401 - Sistema de Gestão do Turismo Sustentável em Meios de Hospedagem, que tem como objetivo colaborar para o desenvolvimento do turismo na região, com um projeto onde realiza a máxima importância em relação à preservação, manutenção e recuperação do meio ambiente, como forma de instruir o turista através de uma educação ambiental; a qualificação da mão de obra local, respeitando e valorizando a integração entre as atividades urbanas e rurais, tendo em vista o desenvolvimento socioeconômico do município, como forma fundamental no desenvolvimento do turismo sustentável, possibilitando entretenimento, lazer e soluções práticas para o desenvolvimento turístico da região.